Fisioterapia

A Reabilitação Veterinária apresenta papel essencial no tratamento e prevenção das doenças Neurológicas e Ortopédicas que acometem os animais.

Seus principais benefícios são a melhora da qualidade de vida do paciente e de seu tutor, alívio de dor e da inflamação, aumento na produção de colágeno, aceleração de recuperação e prevenção de doenças secundárias e eventuais sequelas.

Quando usada no pré e pós cirúrgico de cirurgias ortopédicas, acelera consideravelmente a recuperação, reduzindo a dor, prevenindo atrofias e contraturas.

Fisioterapia é em seu conceito uma ciência que usa o agente físico como forma de tratamento. Se  constitui  em  uma  área  que  estuda,  previne  e  trata distúrbios  cinéticos  funcionais  gerados  por  alterações  genéticas,  traumas  ou  doenças adquiridas,  ganhando  grande  impulso  na  Medicina  Veterinária  na  última  década,  devido  a necessidade de incorporar a especialidade nos tratamentos para melhorar a recuperação e a qualidade de vida dos animais.

 

INDICAÇÕES                     

São várias as indicações para a Reabilitação Veterinária. Entre as principais afecções podemos listar:

Coluna: hérnias discais, fraturas, cirurgias, síndrome de Wobbler, Subluxação atlanto-axial, mielopatia degenerativa;

Quadril: Displasia coxo-femoral, Luxação de quadril, Necrose Asséptica da cabeça femoral;

Cotovelo: Displasia do cotovelo;

Joelho: Luxações de patela; Ruptura do ligamento cruzado

Fraturas em geral;

Amputações;

Osteoartrite / Osteoartrose;

Suporte geriátrico;

Fraquezas e atrofias musculares;

Paralisias;

Desordens do Sistema nervoso central (encéfalo e medula), nervos e suas sequelas.

Técnicas:

eletroterapia, laserterapia, ultrassom terapêutico, Shockwave, cinesioterapia, terapia manual sutil biodinâmica, exercícios proprioceptivos atuando na reabilitação ortopédica, neurológica, controle de dor crônica , osteoartrose, magnoterapia entre outros.